Na estrada

Gosto de levar uma vida rude
Busco a liberdade desde o dia em que nasci
Nunca foi uma escolha
E sempre me pareceu muito maior do que eu
Sou um cara parecido com qualquer um
Ando de bar em bar
De dia em dia
De noite em noite
Eu gosto do vento
E quero furar o horizonte
Enquanto vivo uma utopia
Com o único objetivo
De manter
Meu corpo
Minha mente
E meu espírito em movimento
Eu sou um homem na estrada
Sou um cara parecido com qualquer um
Que busca um caminho
Algo que possa me fazer sorrir
Todo dia
E assim como você
O que busco é um pingo
De amor
E um tanto de liberdade
Eu quero um amor
Pra findar as minhas noites
Um lugar pra voltar
E amigos pra beber
E conversar
Eu acho que os homens
Podem sim
Encontrar um sonho de amor
E bons corações
Pra repartir um pouco

Do que sentem